T.1 EP.7 – “LITERATURA” | COMO SERIA O MUNDO SEM?

A Literatura surgiu nos primórdios da humanidade, e se manisfestou primeiramente na forma oral quando a escrita ainda era desconhecida.

Hoje, podemos dizer que o que distingue um texto literário de um texto não-literário, é o seu principal objetivo e a sua linguagem.

Um texto literário é uma forma de expressão artística que demonstra a realidade através do olhar subjetivo do autor, se utilizando de uma linguagem poética, lírica. Por estar ligado diretamente à arte, depende da imaginação do artista que se expressa empregando suas emoções pessoais e seus próprios valores ou do objeto retratado.

Já o texto não-literário tem uma função informativa que se utiliza de uma linguagem impessoal e objetiva.

Em termos artísticos e filosóficos podemos aplicar diversas definições ao conceito de literatura, uma vez que, segundo as palavras de Nuno Ramalho, a literatura nasce muito antes de se materializar num texto:

Um gesto é literatura, tudo o que acontece, no fundo é passível de se tornar literário.

Poeta e cronista português, Nuno Ramalho, é o artista convidado do sétimo episódio de “Como Seria o Mundo Sem?”, onde nos apresenta seu olhar pessoal sobre a maravilhosa arte da escrita.

Nuno Ramalho

Nascido a 2 de janeiro de 1989 em Lisboa, Nuno Ramalho é um jovem e talentoso poeta e cronista que, como ele próprio afirma, desde cedo se utiliza da literatura como uma ponte que tenta construir entre a pessoa que é e a que busca ser.

Admira e se inspira nas obras de escritores como: Rainer Maria Rilke, Herberto Helder, Cesare Pavese e Rabindranath Tagore.

Suas obras já foram publicadas em diversos blogues e escreve cronicas para revistas.
Tem trabalhos, também, como escritor fantasma, nomeadamente na elaboração de artigos e prefácios.

 

Nuno L. Ramalho / Poemas dispersos

4.

Não posso proibir o rapaz de se sentar ali.

Aprisionaram-no em si, ele está sempre sempre

com quem é e eu não sei

proibi-lo de se sentar ali. Inúmeras vezes, depois de me

deitar, adivinho

a perplexa fixidez da sua sombra

vertida delicadamente sobre

mim. O rapaz

ali parado, acorrentado a si, averigua a medo

o meu medo escuro, a sua tremenda boca

acesa – ausculta a fome invicta

do futuro.

 

Não conseguindo dissociar a vida da literatura, Nuno Ramalho acredita que mesmo que, em um futuro longínquo não exista a escrita como conhecemos hoje, jamais deixará de existir “Literatura”.

Acesse:
Blog do Nuno

 


Saiba mais sobre este projeto inédito do On•Z

‘Como seria o mundo sem?’ é uma série documental sobre as onze artes mais presentes na atualidade.

O On•Z e a Weedoo Studio of Arts and Films desenvolveram este projeto, que conta com a participação de artistas de várias nacionalidades, para que possamos entender a importância das artes, não só no Brasil mas no mundo todo. Esta série nasce com a intenção de nos fazer refletir sobre a influência causada por cada uma das artes, tanto no desenvolvimento da humanidade ao longo dos tempos e seu impacto na vida de cada ser humano, como na transformação do mundo e da sociedade como um todo, deixando a pergunta no ar para que cada um tente responder individualmente: “COMO SERIA O MUNDO SEM?” [as artes].

Cineasta. Fotógrafa. Atriz. Amante das artes, da natureza e do ser humano!

Posts relacionados